Decretada prisão do vereador Eduardo Sá, de Chapadinha e mais 16 pessoas

Blog do kim Pereira - quarta-feira, 03 de dezembro de 2014
De um total de quase 50 entre prisões temporárias e preventivas e apreensões decretadas pela Justiça Federal do Maranhão, restam apenas três a serem executadas pela Polícia Federal.
Na Operação Ferro e Fogo I e II foram apreendidos carrões importados, várias joias e quantias em dinheiro na casa e empresas dos envolvidos. São 19 agentes públicos do Ibama, um da secretaria Estadual do Meio Ambiente, que é atual Superintendente do Incra Antônio César Carneiro, empresários do setor madeireiro e o vereador Eduardo Sá, de Chapadinha. 

No caso de Eduardo Sá, a Justiça decretou que fosse feita busca e apreensão nas dependências da empresa EAS Projetos Ambientais, de sua propriedade.
Hoje na coletiva da Polícia Federal, o delegado que coordenou a operação, Soares Cardoso, explicou que havia por parte dos agentes públicos, chantagens para liberar desmatamento e extorsão para prática criminosa em área de preservação ambiental, obtidas através de telefonemas interceptados.
O delegado informou ainda que a operação durou um ano, período em que os agentes públicos estão automaticamente afastados das suas funções e que não terão mais acesso aos órgãos em que trabalharam.

Defesa de Sá
Em contato com o blog do Alexandre Pinheiro, o vereador disse que "estaria a caminho de encontro com seu advogado para conhecer o teor da denúncia contra ele e para adotar medidas jurídicas em sua defesa".

O advogado de Eduardo Sá adiantou não haver motivo para a decretação da prisão de seu cliente, ainda que temporária, e disse que aguarda a revogação do decreto a qualquer momento.  

Com informações do Blog do Luis Cardoso e do Blog do Alexandre Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Frigorifico JP Carnes e Frios

Frigorifico JP Carnes e Frios

Hortifruti Genilson

Hortifruti Genilson

Arquivo do blog

Postagens Recentes

recentposts

Postagens em Destaque

randomposts