quarta-feira, 6 de maio de 2015

Prefeitura de Chapadinha: Moradores dos povoados Lacre, Sousa, São Benedito e Folha Larga abandonam a lamparina e as gambiarras para terem energia elétrica em suas casas

SHARE
Blog do Kim Pereira - quarta-feira, 06 de maio de 2015
Por SECOM/PMC
A dificuldade de acesso e a distância da cidade para as comunidades São Benedito, Sousa, Lacre e Folha Larga eram as desculpas que as gestões passadas dos municípios de Buriti e Chapadinha usavam para não levar o benefício da energia elétrica para as casas dos moradores da região.
O problema é que esses povoados estão bem no limite dos dois municípios e nenhum prefeito assumia a responsabilidade por uma obra desafiadora no local.
O primeiro passo foi dá condições de trabalho para que as equipes realizassem o mapeamento da região e depois foi abrir as estradas e garantir o acesso das máquinas. E foi exatamente isso que a Prefeitura de Chapadinha, sob o comando de Ducilene Belezinha, fez.
Mudando de vez a rotina de vida do lavrador Joselan Ferreira, morador do povoado São Benedito. Antes, para ter a casa iluminada, o lavrador tinha que recorrer a um velho gerador de energia à base de óleo ou quando não tinha condições de comprar o combustível, ele recorria à lamparina
.
A realidade de muitas famílias mudou e pra melhor, os postes no percurso da viagem, são a prova de que a obra foi a realização do sonho de muita gente. Assim como de Joselan que agora, bem ao alcance das mãos, tem o interruptor, que basta um clique para acender as lâmpadas dentro de casa.
“ Foi muita promessa e eu já nem acredita que isso seria possível. Mas hoje eu tenho energia na minha casa”, comemora o lavrador.
Foram mais de 10km de rede bifásica construída, por meio de uma parceria do Governo Federal, através do programa Luz para Todos e Prefeitura de Chapadinha.
Na casa de seu Joel a antiga e perigosa gambiarra deu lugar a uma energia de qualidade. E agora não tem chuva forte que assuste o lavrador.
“ Já teve chuva forte e não faltou energia. Quando era a gambiarra toda vez que chovia a gente já tava procurando a caixa de fósforo. Melhorou muito, sem comparação. Por mais que digam que aqui é de Buriti, tudo que a gente precisa, a gente vai procurar é em Chapadinha, porque tem estrada e agora chegou esse benefício pra gente, vindo de lá”, declarou o lavrador, Joel Gaspar de Carvalho, morador do povoado Folha Larga.
Sabendo das necessidades da população da zona rural e tendo respeito por ela, foi que Ducilene Belezinha determinou a obra na região e a maior recompensa recebida foi a gratidão de mais de 20 famílias, que hoje podem assistir televisão com comodidade e segurança em suas casas.
“ A gente pensava que isso nunca fosse acontecer. A gente sempre foi muito esquecido, mas graças a Deus, a prefeita Belezinha botou essa energia aqui pra gente. Nós podemos assistir jornal e a novela. Tô satisfeito”, comemora o lavrador, Rangel Costa de Carvalho, morador do povoado Lacre.
Ultrapassando barreiras geográficas, do próprio município, e trabalhando para proporcionar condições dignas de moradia, pra tanta gente, tem sido a marca do governo de Ducilene Belezinha, que já provou ser uma administração determinada e comprometida com quem mais precisa de atenção do poder público.
“ Fizemos um mapeamento em todo o município pra sabermos onde não tinha energia elétrica e esses povoados, que pertencem a Buriti, mas que são muito próximos de outros povoados de Chapadinha, não podiam ficar de fora. Então foram incluídos no mesmo projeto. E hoje, estamos aqui, comemorando junto da comunidade a finalização do projeto”, disse a prefeita Ducilene Belezinha.
SHARE

Author: verified_user

0 comentários:

Outros Blogs

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog